Preso, que matou mulher e filho no Ceará, foge de Pedrinhas

Preso, que matou mulher e filho no Ceará, foge de Pedrinhas

Rogério Silva Almeida, que usava Galdino da Silva como nome, estava preso por falsidade ideológica

O detento Rogério Silva Almeida, que estava usando o nome Rogério Galdino da Silva, fugiu ontem (14), do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Ele foi preso por falsidade ideológica em São Luís. Ele tem, ainda, mandado de prisão pela Justiça do Ceará acusado de assassinar a mulher e o filho naquele Estado.

Segundo informações, os presos Rogério e Antônio Domingos da Silva Júnior, o "Langanha" [que denunciou o episódio de venda de sentenças na Penitenciária de Pedrinhas] foram convocados para audiência com o juiz da Vara de Execução Criminal, Jamil Aguiar.

Ao retornar ao presídio, Rogério driblou o inspetor e o agente penitenciário fugindo sem deixar rastro. Foi aberta sindicância pela Secretaria de Administração Penitenciária para investigar o caso.

Fonte: Imirante, www.imirante.com.br