Preso segundo acusado de participar da morte de empresário

Empresário foi morto no bairro Dirceu, no dia 03 de julho de 2015.

Nesta quarta-feira, dia 21, policiais civis da Delegacia de Homicídio realizaram a prisão de um jovem identificado como Halyson Lima Ribeiro, que teria participação no assassinato do empresário Jordão Mendes da Silva, de 25 anos de idade, que morreu após ser baleado na cabeça, no bairro Dirceu Arcoverde, na zona Sudeste de Teresina, no dia 03 de julho de 2015.

Na terça-feira, dia 20, foi  realizada a prisão do principal autor do crime, identificado como Fábio Caleus da Silva Santos, capturado no conjunto Novo Milênio. De acordo com a Polícia Civil, Fábio, que estava na garupa da moto conduzia por Halyson, efetuou vários disparos contra o jovem empresário que chegou a ser  levado em estado grave para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas não resistiu e morreu.

O comandante do 8ª BPM, Gilson Leite, falo u sobre o caso. "Há cerca de um ano atrás ele juntamente com o comparsa chegaram no mercado do Dirceu I  e mataram um cidadão lá mais conhecido por playboy, empresário conhecido na região. Segundo ele, ele alega que ele tinha atirado no playboy na Curva São Paulo, mas é mentira, eles foram até a loja só para roubar, só que roubaram e atiraram na cabeça dele. Então o cidadão acabou falecendo", declarou o comandante.






Fonte: Portal Meio Norte