Preso suspeito de atear fogo em casa com ex dentro em MG

Víitma morreu com queimaduras generalizadas a caminho do hospital em Belo Horizonte

O motorista de ?nibus Nilson Ferreira Lopes, 44 anos, confessou ? Pol?cia Militar ter ateado fogo na casa da ex-namorada. A mulher e outras tr?s pessoas estavam no barrac?o na hora do inc?ndio, no bairro S?o Jo?o Batista, na regi?o norte de Belo Horizonte. A ex-namorada de Lopes, Maria Aparecida Gomes dos Santos, 37 anos, morreu a caminho do Hospital de Pronto-Socorro Jo?o XXIII.

A irm? dela, Genilva Esteves Monteiro, 16 anos, e as filhas dela, Jama?ra Gomes dos Santos, 21 anos, Cinthia Gomes dos Santos, 17 anos, tiveram queimaduras generalizadas e est?o internadas em estado grave, no mesmo hospital.

Segundo o sargento Lenison Polidoro, do 13? Batalh?o da Pol?cia Militar, o homem chegou ? casa das v?timas "e trancou as quatro mulheres dentro do barrac?o. Depois ele jogou gasolina e ateou fogo," explicou.

"Logo em seguida, ele foi preso e confessou. Alguns vizinhos tentaram ainda linch?-lo, mas os policiais impediram," completou. De acordo com o boletim de ocorr?ncia do Corpo de Bombeiros, Nilson Ferreira Lopes tamb?m ficou levemente ferido no inc?ndio.

Depois de medicado ele foi levado para a 7? Delegacia Seccional de Venda Nova, onde est? preso.

Testemunhas e vizinhos das v?timas disseram ? Pol?cia Militar que o relacionamento do casal teria terminado h? alguns dias, depois que Maria Aparecida Gomes dos Santos teria descoberto que o ex-companheiro seria casado e teria filhos.

Ainda de acordo com o sargento Polidoro, o suspeito alegou estar inconformado com o fim do relacionamento e por isso teria cometido o crime.

Fonte: Terra, www.terra.com.br