Acusado de atropelar 7 crianças e matar duas é preso neste sábado

Acusado de atropelar 7 crianças e matar duas é preso neste sábado

Homem se entregou durante a madrugada de sábado no subúrbio do Rio

O suspeito de atropelar e matar duas crianças e ferir outras cinco em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, foi preso na madrugada deste sábado (25). Segundo o delegado-adjunto da 54ª DP (Belford Roxo), Antônio Silvino Teixeira, o suspeito, que fugiu do local após o atropelamento, confessou ter atingido os menores. Ele se entregou na 39ª DP (Pavuna) e foi levado por policiais do 21º BPM (São João de Meriti) para a delegacia de Belford Roxo.

Os menores foram atingidos na calçada, no bairro do Éden, na tarde de sexta-feira (24). As duas crianças mortas eram irmaõs. Caio Tiago, de 2 anos, e Tiely Vitória, de 4, foram socorridos, mas não resistiram aos ferimentos. As outras vítimas foram levadas para o Posto de Atendimento Médico (PAM) de São João de Meriti. Três receberam alta e outras duas, uma de 10 anos e outra de 6 anos, foram transferidas para o Posto 24 horas, no bairro Éden, e permaneciam internadas até a noite de sexta-feira, mas sem gravidade.

Versões diferentes

Segundo o delegado, uma testemunha contou que o suspeito já tinha ameaçado o grupo pouco antes do atropelamento. "Uma menina que estava no local contou ao tio que o suspeito passou pouco antes do atropelamento a pé pelo local e disse que se eles não saíssem de lá seriam atropelados", explicou.

Mas na delegacia, o homem deu outra versão para o caso. "Aqui, ele confessou que bebeu quatro cervejas e que subiu a rua para pegar o carro. Mas como o carro estava com sem bateria, ele tentou fazer com que ele pegasse no tranco, só que o carro acabou subindo a calçada e acertou as crianças", conta o delegado.

Segundo Teixeira, um exame comprovou que o suspeito ingeriu bebida alcóolica. "O atropelamento foi às 15h50 e o exame só foi feito quase 13 horas depois e, mesmo assim, ficou comprovado que ele bebeu, mas não foi só quatro cervejas como ele disse."

O delegado disse ainda que o homem vai responder por homicídio doloso e tentativa de homicídio. Ele deve ser transferido ainda neste sábado para a Polinter.

Fonte: G1