Preso suspeito de matar dono da Schincariol há 7 anos

Oliveira era procurado pela polícia e estava escondido em uma residência no Jardim Jandaia

A Polícia Civil das cidades de Ribeirão Preto e Sorocaba, no interior de São Paulo, prendeu na manhã desta terça-feira (11) Gleison Lopes de Oliveira, apontado como autor do latrocínio que matou o proprietário da empresa de bebidas Schincariol, Nelson Schincariol, há sete anos, no município de Itu.

Oliveira era procurado pela polícia e estava escondido em uma residência no Jardim Jandaia, em Ribeirão Preto. A ação da polícia cumpriu um mandado de prisão preventiva.

Nesta semana, o Supremo Tribunal Federal (STF), indeferiu o pedido de liminar em habeas corpus em favor de Oliveira. Os advogados pretendiam suspender o julgamento no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) e recorrer para que ele respondesse em liberdade à apelação feita após ter sido condenado a 23 anos de prisão pelo crime de latrocínio.

O crime

O proprietário da Cervejaria Schincariol, José Nelson Schincariol, de 60 anos, morreu após ter sido baleado por dois homens quando chegava a sua casa, no Centro de Itu, em 18 de agosto de 2003. Os agressores dispararam cinco tiros, dos quais três atingiram o empresário, sendo dois na cabeça e outro nas costas. O crime ocorreu quando Schincariol já estava dentro da garagem do sobrado onde morava. A família informou que ele recebia ameaças antes do crime.

Fonte: g1, www.g1.com.br