Preso suspeito de esconder corpo em geladeira no Rio

De acordo com a polícia, a vítima apresentava sinais de estrangulamento

Policiais do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV) prenderam, nesta segunda-feira (15), um homem suspeito de matar uma aposentada de 76 anos e esconder o corpo dentro de uma geladeira, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio. As informações foram confirmadas pela Polícia Militar. Segundo a PM, o suspeito confessou o crime.

O corpo da idosa foi encontrado na quinta-feira (11). Segundo a PM, o suspeito foi preso na Avenida Brasil, na altura do Caju, na Zona Portuária da cidade. Ele foi levado para a 19ª DP (Tijuca), onde o caso foi registrado.

De acordo com a polícia, a vítima apresentava sinais de estrangulamento. Equipes da Divisão de Homicídios estiveram no local para fazer perícia e investigar o crime.

Policiais do 6º BPM (Tijuca) chegaram ao local e confirmaram a morte da idosa depois de receberem um chamado pelo telefone 190. O vizinho da vítima teria ouvido barulho no apartamento ao lado e desconfiou que a mulher estaria sendo espancada.

Agressivo e "perturbado"

Segundo um irmão do suspeito, o companheiro da idosa, de 46 anos, apresentava problemas de comportamento por ser usuário de drogas. ?Ele era assim, muito perturbado, por causa das drogas. Infelizmente era meu irmão?, disse.

Moradores, que conheciam a idosa e estavam no local, disseram que o suspeito aparentava ser agressivo, devido à dependência de drogas, e que algumas vezes ouviu queixas da vítima. ?Uma vez cheguei a ligar para a polícia porque ela disse que ele queria bater nela e pegar seu dinheiro. Ele se passava por cego para se aproveitar dela?, contou uma amiga, que não quis se identificar.

Fonte: g1, www.g1.com.br