Preso tem pena reduzida ao ser julgado duas vezes pelo mesmo crime

O acusado foi julgado duas vezes após realizar um roubo.

Um caso inusitado aconteceu no Complexo Penitenciário da Papuda. Um jovem de 23 anos conseguiu ter sua pena reduzida após provar que foi julgado duas vezes pelo mesmo crime. Uma nova avaliação foi feita depois de ele enviar uma carta manuscrita para a Defensoria Pública do Distrito Federal.

Segundo informações, o homem foi condenado 1ª Vara Criminal do Paranoá a 14 anos de prisão por ter cometido o crime de dois roubos e formação de quadrilha. Entretanto, um dos roubos, ocorrido em 2013 também foi julgado pela 2ª Vara Criminal do Paranoá que realizou uma nova condenação. Ele recebeu cinco anos de cadeia e se o caso fosse mantido, a sua pena aumentaria para 19.

“A mesma prisão gerou duas denúncias e duas condenações. Houve um erro do judiciário”, explicou o defensor público Fernando Boani. Após a redução, o defensor se diz satisfeito com o caso. “Temos o dever cumprido. Nós atuamos em favor da sociedade e corrigimos um grave erro do sistema”, disse.

Complexo penitenciário da Papuda (Crédito: Reprodução)
Complexo penitenciário da Papuda (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1