Presos bandidos reconhecidos por invadir residências e humilhar vítimas

Presos bandidos reconhecidos por invadir residências e humilhar vítimas

A prisão aconteceu na tarde desta quarta-feira, 23.

A Polícia Militar efetuou a prisão de Alisson Jonathan de Sousa, 25, e João da Cruz dos santos silva, 24. Trata-se de uma dupla acusada de praticar vários assaltos em Teresina. A prisão aconteceu na tarde desta quarta-feira, 23.

Para surpresa das vítimas e policiais João da Cruz, conhecido como João Cão, foi solto no dia 11 de abril, três dias após de manter uma família em cárcere privado e roubar o que encontrou de valor na residência.

Uma das vítimas, integrante da família, eu reconheci pela imprensa. ?Ele entrou na minha casa pela manhã e colocou o revólver na cabeça do meu pai de 76 anos e empurrou e arrastou ele para o quarto. Ele estava com mais dois bandidos e um estava no carro fora, esperando por eles. A gente foi colocado no quarto com arma na cabeça. Ele levou oito celulares, arrancou e levou todas as câmeras e disse que ia matar um rapaz que estava lavando o carro do meu pai. Eu pedi por tudo para que ele não matasse o rapaz. Isso tudo durou cerca de 20 minutos?

Mesmo realizando essas práticas, o juiz da Central de Inquéritos, Luiz de Moura Correia, afirmou no alvará de soltura que o arbitramento da fiança era descabida, ?haja vista a condição de suposta pobreza do autuado que impossibilita o condicionamento da liberdade provisória ao pagamento da fiança.?

Por fim, ele diz ainda ?Isto posto sob tais fundamentos concedo a liberdade provisória sem fiança ao acusado João da Cruz Santos Silva?. João Cão, após a soltura, voltou a praticar os mesmos crimes e foi preso novamente nesta quarta-feira, 23, em flagrante após invadir uma residência no bairro Itararé. Segundo a polícia, era a terceira vítima que ele fazia após a soltura.

Segundo informações dos policiais no 8º Distrito Policial a dupla agia com extrema violência, mantinha as famílias em cárcere privado e ainda humilhavam as vítimas.

Fonte: Denison Duarte