Presos estelionatários que se passavam por advogado e policial

Os dois estelionatários foram preso na BR-343 em Campo Maior.

Dois homens, identificados como E. N. S. J, natural de Altamira no Pará, e R. O. O. S,  foram presos acusados de estelionato na cidade de Campo Maior. De acordo com informações da Polícia Militar, um deles se passava por advogado e outro dizia ser um policial. 

O delegado Andrei Alvarenga, que investiga o caso, afirmou que as vítimas já foram identificadas. "Eles pediam o dinheiro emprestado dizendo que depois esse dinheiro iria cair na conta dessas pessoas. O que não acontecia. Algumas vítimas nós já identificamos, mas outras não querem vir a delegacia. Eles vão ser indiciados e entregues a justiça”, declarou.

Segundo as investigações, os dois criminosos pediam dinheiro para as vítimas, prometendo a devolução com valor redobrado.  Em um dos golpes, a dívida chegou a R$ 2 mil. A vítima recebeu a promessa de receber R$ 3 mil. No entanto, apenas um envelope vazio era depositado. 

A dupla foi presa na BR-343, no trecho conhecido como Curva do Mucuripe. Dentre asa vítimas, estão comerciantes, taxistas e proprietários de restaurantes. 

Delegacia de Campo Maior
Delegacia de Campo Maior




Fonte: Portal Meio Norte