Presos golpistas que agiam no PI e MA

O prejuízo, segundo os policiais, é a ordem de R$ 500 mil

Uma quadrilha interestadual especializada em aplicar golpes no com?rcio com a utiliza??o de documentos falsos foi presa quinta-feira ?ltima por policiais que integram a Comiss?o de Combate ?s A?es do Crime Organizado (Cico), do Piau?, sob o comando do delegado Bonfim Filho. O preju?zo, segundo os policiais, ? a ordem de R$ 500 mil.

Durante as investiga?es foram presos Gerino de Brito Vieira, que ? apontado como o l?der da quadrilha; Deusdethe de Sousa G?lia Filho; Jair Lopes Teixeira; Emerson Santos de Sousa; Valdefran Leandro Montes e Walderlan Ferreira de Melo. Dois acusados de envolvimento no grupo, cujos nomes n?o foram revelados, est?o foragidos, mas o delegado Bonfim Filho afirmou que tudo est? sendo feito para que eles sejam localizados e presos. Em poder dos acusados, a pol?cia encontrou carteiras de identidade e c?dulas em branco, carteiras de trabalho, tal?es de cheque, cart?es de cr?dito, documentos de ve?culos verdadeiros e falsos, e carn?s de empr?stimos de financeiras, aparelhos de telefones celulares, ve?culos, computadores, aparelhos de som e v?rios outros objetos.

RELA??O

Segundo Bonfim Filho, o grupo conseguiu em Caxias, no Maranh?o, uma rela??o com nomesde trabalhadores rurais daquela regi?o e passou a falsificar contracheques, comprovantes de renda e de endere?os e depois usaram para aquisi?es de cart?es de cr?ditos, abertura de contas e fazer compras no com?rcio. ?Eles conseguiram com amigos de Caxias uma rela??o com nomes, n?mero de identidade e CPF de trabalhadores de um assentamento daquele munic?pio, que transportavam estes dados para as c?dulas em branco, complementando com dados fict?cios e praticavam o golpe?, explicou o delegado.

O caso somente passou a ser investigado quando os empres?rios, por meio dos seus departamentos de cobran?as, passaram a procurar essas pessoas e n?o as encontraram nos endere?os citados.

Bonfim Filho garantiu que as investiga?es em torno das a?es do grupo continuam, agora com a participa??o do delegado regional de Caxias, Jair Paiva, e da pol?cia cearense, pois existem ind?cios de que o bando tem liga?es com grupos especializados em clonagem de cart?es de cr?dito com base na cidade de Novo Oriente, no Cear?.

Para o delegado, essa ? uma das maiores e mais bem organizadas quadrilhas j? desbaratadas pela pol?cia em Teresina, no Piau?, isto em se tratando de crime de estelionato, pois s?o cautelosos em suas a?es.

Fonte: Imirante