Presos produzem até cachaça para o próprio consumo em presídio

Presos produzem até cachaça para o próprio consumo em presídio

Eles também usavam drogas e utilizavam telefones celulares.

A polícia apreendeu dentro do presídio de Apucarana, no norte do Paraná, diversas garrafas de cachaça artesanal feita pelos presidiários para consumo próprio. Além da bebida, a polícia também apreendeu 1,6 kg de maconha, cocaína, haxixe, crack, 81 celulares, 40 carregadores, um martelo, seis brocas, uma maleta com instrumentos para fazer tatuagem e uma lista com o gasto dos presidiários com drogas e bebidas alcoólicas. O delegado Ricardo Casa Nova, responsável pelo minipresídio, não quis se pronunciar.

A imprensa não obteve autorização para filmar os objetos apreendidos nas celas. A lista foi cedida pelo promotor de Apucarana, Vilmar Fonseca. O delegado Casa Nova afirmou que não autorizou a divulgação porque é algo negativo para a imagem da polícia.

O Ministério Público vai investigar se policiais facilitavam a entrada dos objetos, dos entorpecentes e dos ingredientes para a produção da cachaça no minipresídio.

Fonte: G1