Presos suspeitos de atirar na cabeça de músico baiano na BA

Presos suspeitos de atirar na cabeça de músico baiano na BA

Baterista da banda Estakazero foi baleado nas proximidades de banco

Foram presos nesta sexta-feira dois jovens apontadas como os autores do assalto, no qual o músico Paulo César Perrone de Souza Júnior, 32 anos, baterista da banda Estakazero, foi baleado na cabeça, nas proximidades de uma agência bancária, em Salvador (BA). Os suspeitos, ambos de 26 anos, serão apresentados na sede da Secretaria de Segurança da Bahia ainda hoje.

Outro homem, de 24 anos, irmão de um dos acusados, também foi detido com os dois, por participação em outros crimes. Segundo a secretaria, as prisões foram possíveis graças a uma operação conjunta do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) e Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) da Polícia Civil baiana.

No início do mês, o músico saiu do coma induzido a que era submetido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral do Estado, em Salvador (BA). Seu estado de saúde é considerado estável, segundo a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab).

Perrone foi atingido por um tiro quando dirigia um Fiat Uno no Caminho das Árvores, na capital baiana. A polícia suspeita que ele tenha sido vítima de um ataque na saída de uma agência bancária. Um envelope de uma instituição financeira foi encontrado vazio no carro, o que reforça a hipótese. Neste mês, dois suspeitos pelo crime foram presos, mas não houve confirmação da relação deles com o ataque ao músico.

Fonte: Terra, www.terra.com.br