PRF planeja operação de Páscoa nas estradas do Piauí

A partir da meia-noite da próxima quinta-feira começa a Operação Páscoa, da Polícia Rodoviária Federal, com foco principal na Lei Seca

A Polícia Rodoviária Federal do Piauí prepara os últimos detalhes da operação especial de Páscoa, que deve começar a partir de meia-oite da próxima quinta-feira, com encerramento na madrugada de domingo. O foco principal das operações são o cumprimento da Lei Seca, que terá tolerância zero, e também o respeito aos limites de velocidade. Os dois temas são os principais causadores de acidentes de trânsito no estado.



Por se tratar de uma operação que ocorre em nível nacional, a Polícia Rodoviária do Piauí aguarda determinações oficiais vindas de Brasília para montar e divulgar seu cronograma oficial de atividades. ?Mas o propósito fundamental desta etapa é trabalhar especificamente a embriaguez e consumo de bebida alcóolica. A operação da Lei Seca teve um resultado bastante positivo no Carnaval e voltaremos a investir nesse assunto?, define Raimundo Rameiro, chefe do Núcelo de Comunicação da PRF.

Para tanto, todos os postos de fiscalização e viaturas policiais estarão equipados com bafômetros. O agentes policiais realizarão vistoria intensa durante o período e Rameiro afirma que há equipamentos suficientes para realizar o trabalho nas estradas do estado. A meta é não repetir as estatísticas da Páscoa passada, que registrou 35 acidentes automobilísticos, com 26 feridos e dois óbitos.

Com as mudanças na Lei Seca, qualquer traço de álcool verificado é suficiente para o motorista pagar multa de R$ 1.915, ter a carteira suspensa e ser impedido de seguir viagem. O motorista que não soprar o bafômetro é submetido às penalidades administrativas como multa e recolhimento da carteira de habilitação.

Além da fiscalização documental ? operação de praxe da PRF por ser iem de porte obrigatório ? o respeito ao excesso de velocidade é outro ponto que será vistoriado com vigor. ?A intenção é punir os infratores para que eles não ultrapassem a velocidade máxima permitida, tendo em vista que muitos acidentes são causados por motoristas que não respeitam o limite estipulado por lei?, diz Rameiro.

A PRF faz um alerta aos motoristas e pede que, antes de seguir viagem, façam uma vistoria completa nos veículos.

?É essencial estar em dias com a Carteira Nacional de Habilitação e documentos do carro. O condutor deve dar atenção especial aos freios e sistema de iluminação do veículo, essenciais para uma viagem segura?, pontua Raimundo Rameiro.

Fonte: Francisco Lima e Olegário Borges