Procurador aposentado é achado morto e amarrado dentro de casa

Abílio de Sousa Sá, de 68 anos, foi achado morto na manhã desta sexta. Rapaz foi visto pelo porteiro do prédio deixando o local na tarde da quinta

O procurador aposentado do estado, Abílio de Sousa Sá, de 68 anos, foi encontrado morto por volta das 9h desta sexta-feira (23) em seu apartamento localizado no bairro Bessa, em João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, o corpo do ex-procurador foi encontrado despido e com mãos e pés amarrados com camisas na cama.

Segundo o tenente Sebastião Almeida, do distrito de Segurança Pública de Manaíra, Abílio de Sousa foi encontrado com uma toalha no rosto, fato que leva a hipótese de morte por asfixia.

Conforme informações repassadas à polícia pelo porteiro do edifício em que morava o procurador aposentado, um homem foi visto saindo do apartamento de Abílio de Sousa por volta das 14h de quinta-feira (22). Segundo o tenente, o porteiro afirmou que o rapaz visto saindo do apartamento do ex-procurador seria íntimo e teria sido visto outras vezes no local. ?Não era a primeira vez, segundo o porteiro, que este rapaz tinha sido visto frequentando o apartamento do procurador. A última vez em que ele foi visto, o rapaz saia com um DVD embaixo do braço?, comentou o Sebastião Almeida.

O apartamento estava bagunçado, com pertences espalhados. Uma TV de LCD estava enrolada em cima de uma mesa, para ser supostamente levada. O edifício localizado no bairro de Manaíra não possui sistema interno de vigilância.

O caso foi registrado na Delegacia de Crimes Contra a Pessoa, e passará a ser investigado pela Polícia Civil. O corpo do procurador aposentado passou por perícia e foi enviado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol). ?Acredito que com o material que nós coletamos no local que o corpo foi encontrado, a Polícia Civil fará um bom trabalho para esclarecer esse crime?, completou Sebastião Almeida, tenente da Polícia Militar.

Fonte: G1