Professor é preso por duplo homicídio

Manoelito dos Santos Sousa foi preso na localidade Lagoa da Firmeza, 42km de São Raimundo Nonato



O professor Manoelito dos Santos Sousa, 33 anos, acusado de assassinar duas pessoas na madrugada do dia 08/02 dentro de um clube no município de São Raimundo Nonato, finalmente foi capturado.

Segundo o agente da Polícia Civil, Nilson Farias as investigações feitas apontaram o local exato aonde o professor se escondia.

Manoelito dos Santos Sousa foi preso na localidade Lagoa da Firmeza, 42km de São Raimundo Nonato por volta das 5h da manhã dessa quarta-feira (14/07).

Manoelito dos Santos era diretor e professor de uma escola no povoado São Vitor, zona rural de São Raimundo Nonato e veio na data do duplo homicídio realizar uma prova para um Teste Seletivo. Manoelito passou para PROFESSOR SUBSTITUTO DE QUÍMICA, mas perdeu o direito por ser foragido da justiça.

Participaram da prisão o delegado de São Raimundo Nonato, João José (JJ), Agente da Polícia Civil, Nilson Farias, Matias e Vivaldo do COSAC.

Ainda segundo o agente Nilson, o professor não reagiu a prisão mas tentou se esconder atrás de um sofá.

Banalidade

Um motivo banal levou o professor a assassinar duas pessoas. Segundo o que a polícia apurou, ao tentar impedir que Manoelito dançasse com uma garota menor de idade, o pescador Vanderli dos Santos, 43 anos, foi alvejado por dois disparos e faleceu no local.

O lavrador Evaldo Ferreira, 28 anos, ao tentar socorrer a primeira vítima, também foi atingido à queima roupa. A bala atingiu a região do umbigo. Ele ainda foi levado para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Foto: Divulgação

Fonte: São Raimundo.Com, www.saoraimundo.com