Professor de geografia é achado degolado dentro de sua casa

O corpo de Ramão Espíndola foi descoberto pelo diretor da escola particular onde o professor dava aulas,

Um professor de geografia de 47 anos foi achado morto na tarde desta terça-feira (14), em Corumbá, cidade de Mato Grosso do Sul que faz fronteira com a Bolívia. Policiais disseram que ele morreu degolado e seu corpo foi escondido embaixo de um colchão. A questão tem sido investigada como latrocínio e o principal suspeito é um rapaz de 17 anos que teria viajado para Campo Grande (MS), cidade distante 440 km dali.

O corpo de Ramão Espíndola foi descoberto pelo diretor da escola particular onde o professor dava aulas, segundo a polícia. Amigos dele estranharam o fato de a vítima não ter ido às aulas desde sexta-feira e foram procurá-lo na casa, no bairro Universitário.

A polícia desconfia que o adolescente invadiu a casa pelo telhado, porque parte dele apresenta estragos. O rapaz teria matado o professor com uma faca. Um computador e o carro da vítima foram levados e, ao menos até o início da noite desta terça-feira, ainda não tinham sido localizados.

Policiais de Campo Grande foram acionados, mas o suspeito ainda não foi localizado. O professor morava sozinho.

Fonte: UOL