Professor é morto por inquilino que não queria desocupar imóvel

Vizinhos ficaram chocados com a violência. Ademir Lauro de Andrade, de 55 anos, foi atingido por facadas no pescoço.

Um professor morreu e a mulher dele ficou ferida após o ataque de um homem armado com uma faca na noite de sexta-feira (08), no bairro Aeroporto, em Guarapari. O crime aconteceu dentro da residência do casal e o principal suspeito é um inquilino das vítimas.


Professor é morto por inquilino que não queria desocupar imóvel

Vizinhos ficaram chocados com a violência. Ademir Lauro de Andrade, de 55 anos, foi atingido por facadas no pescoço. Ainda assustada com o crime, a comunidade acompanhou o trabalho da perícia.

A mulher de Ademir também foi esfaqueada. A dona de casa Marli Gonçalves de Andrade, de 47 anos, foi socorrida por uma ambulância do Samu e encaminhada para o Hospital São Pedro, no mesmo município. Depois, ela foi levada para um hospital particular em Vitória.

Um vizinho contou que ouviu os gritos da dona de casa e chamou socorro. ?De repente, ouvi muitos gritos. Era uma voz feminina. Quando entrei para ajudar, dei de cara com a Marli toda ensanguentada, mas ela falou que estava bem e que o marido dela estava lá dentro com o inquilino. Quando cheguei lá vi uma poça de sangue muito grande e ele estava de bruços em cima do sangue. Creio que ele já estava morto e não tinha como fazer nada, mas voltei e comecei a ligar para o Samu e para a polícia, mas acho que não tinha mais jeito?, contou um morador que não quis ser identificado.

Ainda segundo o vizinho, Ademir alugava várias casas no bairro. Ele teria pedido um dos inquilinos para desocupar o imóvel, mas o homem não gostou do pedido e por isso matou o professor.

A produção da TV Vitória entrou em contato com a assessoria de imprensa do hospital da Unimed, mas o estado de saúde da vítima não foi informado até o momento da veiculação da reportagem.

Fonte: folhavitoria.com.br