Professor engana pais, leva aluna de 10 anos para carro e a estupra

Professor engana pais, leva aluna de 10 anos para carro e a estupra

"Ele tem que morrer". Estas são as únicas palavras da avó da garota

Um professor do Bronx, em Nova York, chocou os pais norte-americanos depois que seu crime foi descoberto pela polícia na quarta-feira (19). Anthony Criscuolo disse aos pais e a uma aluna de 10 anos que ela teria recebido um prêmio por sua redação na escola. O professor então a levaria ao evento.

"Ele tem que morrer". Estas são as únicas palavras da avó da garota depois que a polícia informou que Anthony escreveu uma nota falsa para os pais da vítima, em papel timbrado da escola, com o aviso de que a garota foi premiada em um concurso de redações.

Os pais nem suspeitaram, conforme conta o site NY Daily News, do professor de 40 anos - que deu um IPod Touch para a garota e um anel de diamante para usar na aula pouco antes da suposta premiação. Anthony disse que a premiação seria na segunda-feira (17).

Segundo alunos da escola, ele sempre presenteava os estudantes e era atencioso.

Mas não havia premiação. Anthony levou a garota a um estacionamento e abusou da aluna dentro de seu carro, um Dodge Charger. Segundo um dos tios da garota, o professor manipulou a situação de forma a manter a garota distraída com o assunto da premiação e não ficar assustada

Professor desde 2002, Anthony recebia R$ 159 mil (US$ 73 mil) ao ano e nunca foi investigado no passado. Segundo alunos da classe da garota, ele dançou com ela "como se fosse sua esposa" na festa do dia dos namorados, o que faz a polícia acreditar que "Anthony tinha olhos apenas para sua vítima"

Fonte: r7