Professor que comprou guitarra roubada da cantora Rita Lee pode ficar 8 anos preso

Em agosto, assaltantes obrigaram o motorista banda a parar na Raposo Tavares

O professor de música que foi preso nesta quarta-feira (11) em Poá, na Grande São Paulo, com guitarras da banda da cantora Rita Lee pode pegar de dois a oito anos de prisão pelo crime de receptação. Os instrumentos haviam sido roubados em agosto de 2008.

A polícia encontrou as guitarras na casa do professor durante a investigação de uma denúncia de receptação. ?Uma das guitarras era de uso do marido de Rita Lee e três delas quem usava era o filho dela?, disse o delegado Alberto Pereira Matheus Júnior.

Em agosto, assaltantes obrigaram o motorista do caminhão da banda a parar na altura do km 19 da Rodovia Raposo Tavares. Eles levaram amplificadores de som, violão, guitarras, cavaquinho, holofotes e um canhão de luz.

Segundo o delegado, o professor preso vendia instrumentos pela internet. ?Ele não participou do roubo, isso já está apurado. Ele adquiriu cerca de 5% dos aparelhos musicais roubados?, afirmou.

O suspeito não tinha passagem pela polícia. Os responsáveis pelo roubo ainda são procurados.

Fonte: g1, www.g1.com.br