Professor universitário é achado morto em balneário do Maranhão

Pelas características do crime, a polícia investiga a possibilidade de o professor ter sido vítima de latrocínio.

O professor Ildeci Silva Cavalcante, de 29 anos, professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e do Instituto Federal do Maranhão (Ifma) foi assassinado a facadas no povoado Cachoeira do Arruda, distante 20 quilômetros da sede da cidade de Morros, a 98 quilômetros de São Luís. Pelas características do crime, a polícia investiga a possibilidade de o professor ter sido vítima de latrocínio.


Professor universitário é achado morto em balneário do Maranhão

Segundo informações de familiares, ele sempre ministrava aulas em Morros. Na sexta-feira, à noite, ele manteve o último contato com a família após chegar do trabalho. No sábado, seus familiares tentaram falar com ele novamente, mas o celular do docente estava desligado. Desde então, ele já era citado como desaparecido. Ontem pela manhã, seu corpo foi encontrado com várias perfurações de arma branca. A vítima estava sem a carteira, sem documentos e seu veículo, um Fiat Siena foi levado.

A polícia já começou a investigar o caso e até ontem não existem informações sobre possíveis suspeitos. O corpo do professor chegou a São Luís no fim da tarde deste domingo. Amigos e parentes foram ao Instituto Médico Legal (IML) para tentar obter maiores informações sobre o caso.

Além de professor da UFMA e Ifma, Ildeci Silva Cavalcante também ministrava aulas na Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e era integrante do Conselho Federal de Administração (CFA).

Fonte: Jornal Pequeno