Professor é preso após tentativa de roubo: "Sete dias sem comer"

Professor é preso após tentativa de roubo: "Sete dias sem comer"

A vítima não ficou ferida. O professor foi preso em flagrante e vai responder por roubo. Se condenado, pode pegar de quatro a dez anos de reclusão

O professor universitário Cassiano Birg Ihon, de 42 anos, que foi detido na noite desta terça-feira (20) por suspeita de tentativa de roubo na Zona Norte de São Paulo, falou sobre o vício em drogas após a prisão. De acordo com o delegado Wagner Camargo Gouveia, da 4ª Delegacia Seccional, o homem é usuário de drogas e usou um caco de vidro para tentar levar a bolsa de uma mulher.

?Sete dias sem comer, sem dormir, me encontro pela primeira vez na vida dentro de uma delegacia, preso por roubo, por vontade de usar mais, porque meu dinheiro tinha acabado?, afirmou o professor Cassiano Birg Ihon após a prisão.

O professor foi preso na Rua Voluntários da Pátria. ?Ele tentou puxar a bolsa de uma senhora e uma equipe [da delegacia] que passava conseguiu prendê-lo?, diz o delegado. Segundo Gouveia, o homem contou na delegacia que ganhava bem como professor de computação em universidades, mas acabou viciado em crack. O crime aconteceu por volta das 18h30.

A vítima não ficou ferida. O professor foi preso em flagrante e vai responder por roubo. Se condenado, pode pegar de quatro a dez anos de reclusão.

Tratamento

A Prefeitura de São Paulo oferece nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) ajuda para os viciados em drogas e álcool. Os endereços dos CAPs podem ser encontrados no site da Secretaria Municipal de Saúde.

Fonte: G1