Professora condenada por assassinar ex-marido chega a Teresina

Edilene cumprirá pena em regime fechado

Está sendo trazida, nesta quarta-feira (11), para Teresina a professora Elidiane Maria Barbosa Sousa, que foi condenada em Janeiro de 2011, pelo assassinado do ex-marido Gabriel Mendes da Silva. Ela foi presa no último dia 20 de janeiro em sua residência, no interior, de Fortaleza-CE.

Edilene foi condenada e sentenciada a 16 anos e 4 meses de prisão, em janeiro de 2011, pelo Tribunal do Juri Popular.

Após ter sido presa no último dia 20 de Janeiro, a professora estava recolhida no presídio feminino em Fortaleza esperando a autorização da Justiça do Ceará para ser recambiada para Teresina.

A professora chegará por volta das 14h30 e será levada para a Delegacia de Homicídios.

Sobre o caso

A professora cometeu o crime em setembro de 2003 contra o seu ex-marido e técnico de telemarketing, Gabriel Mendes da Silva, com três tiros.

No primeiro momento Edilane Maria Barbosa Sousa disse ter sido um suicídio mas com o prosseguimento das investigações concluiu-se que havia sido um assassinato e que a esposa da vítima seria a autora do crime.

Edilene chegou a ser julgada e inocentada, mas o caso foi reaberto devido o resultado contrariar as evidências do inquérito que dizia que a vítima não poderia ter se suicidado tendo disparado três vezes contra o seu tórax e ainda ter atirado contra a própria cabeça.

A professora recorreu em todas as instâncias sendo condenada pelo STF que ordenou sua prisão.

 

Fonte: Assessoria Secretaria de Segurança