Professora é ameaçada por um aluno armado no interior do Ceará

Professora é ameaçada por um aluno armado no interior do Ceará

A direção da escola foi obrigada a chamar a Polícia para evitar que a professora fosse ferida

Armado com um canivete, um adolescente de 15 anos, aluno do 6º ano da Escola de Ensino Infantil e Fundamental Luzia Correia Sales, ameaçou uma professora (identidade preservada) durante a manhã de ontem, dentro do estabelecimento educacional, situado na Praia da Tabuba, em Caucaia-CE.

Segundo o relato de testemunhas, o garoto havia sido convocado pela direção do colégio para comparecer a uma reunião acompanhado da mãe devido a seguidos atos de indisciplina.

Conforme o relato de funcionários, ele chegou ontem à escola por volta das 7 horas acompanhado da mãe e de outro colega, que também havia sido convocado pelo mesmo motivo.

Armado

O garoto saiu do prédio e, momentos depois voltou, quando, então, foi visto caminhando em direção ao corredor das salas de aula com a arma na mão e proferindo a frase: "vou ali resolver meus problemas".

Antes de chegar à sala onde estuda e encontrar a professora, servidores do colégio e a própria mãe do adolescente perguntaram o que ele iria fazer. Ao perceber a movimentação das pessoas para acionar a Polícia, fugiu do local.

A notícia de um aluno armado fazendo ameaças, assustou alunos, professores e funcionários. A direção da escola ligou para a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). Patrulhas do Batalhão de Policiamento Turístico (Bptur) e do Ronda do Quarteirão foram acionadas, mas quando os militares chegaram, o estudante já havia fugido.

Ao saber da notícia das ameaças, pais de alunos compareceram à escola e um princípio de tumulto foi registrado no local. A PM foi acionada novamente para controlar a situação.

Ainda pela manhã, a professora e uma representante do Núcleo Gestor da Escola compareceram ao 31º DP (Cumbuco), onde registraram um Boletim de Ocorrência Circunstanciado.

De acordo com o delegado Maurício Tindô Amora, a professora e a coordenadora revelaram que os dois adolescentes possuem vários registros de indisciplina. Em um deles, ameaçou agredir a professora com um soco. Conforme o depoimento das educadoras, em resposta aos atos dos adolescentes, a direção da instituição de ensino marcou para o dia de ontem uma reunião com os alunos e os pais deles para resolver o caso.

Retornou

No começo da tarde, policiais do BpTur voltaram à escola devido a uma nova denúncia informando que o estudante havia retornado. Mais uma vez, quando os PMs chegaram não encontraram o suspeito no local. Representantes da Secretaria de Educação do Município também estiveram no local.

Segundo o titular do 31º DP, as denúncias serão apuradas com "rigor". Tindô afirmou que já notificou os parentes do adolescente e deve ouvi-los no decorrer da semana.

Morte

No dia 4 último, uma cena de violência ocorreu dentro de uma escola pública no bairro Pan-Americano, nesta Capital, quando o aluno Alexsandro Rosa da Silva foi morto com vários tiros. O crime foi praticado por um homem apontado como traficante de drogas. Ele acabou sendo preso minutos depois pelo Ronda do Quarteirão.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br