Professora é morta pelo marido na frente dos alunos em recreio

Professora é morta pelo marido na frente dos alunos em recreio

Gildemar Souza Santos, de 23 anos, foi preso nesta terça-feira (9).

Uma equipe da Polícia Rodoviária Estadual (PRE-BA) conseguiu deter um homem acusado de matar a companheira a facadas, em frente ao colégio onde trabalhava como professora, no município de Casa Nova, na região do Vale do São Francisco (BA).

Gildemar Souza Santos, de 23 anos, foi preso nesta terça-feira (9), horas depois do crime. O acusado tentava fugir com o veículo da vítima pela BR-210, no trecho que liga Juazeiro a Sobradinho, quando uma guarnição da PRE o abordou. Segundo a polícia, Gildemar ainda tinha vestígios de sangue da vítima e tentou tomar a arma do comandante.

O crime ocorreu durante o intervalo escolar e foi presenciado por vários alunos do Colégio Júlia Borges. O acusado esfaqueou a professora Maria Madalena Rodrigues dos Santos, de 51 anos, em várias partes, deixou o instrumento o lado do corpo e fugiu com o veículo e a bolsa dela.

À polícia, Gildemar revelou que cometeu o assassinato porque a vítima se recusava a reatar o relacionamento, desfeito em dezembro do ano passado, quando uma moradora do município o acusou de estupro. Desde que foi rejeitado pela professora, com quem viveu por cerca de cinco anos, o acusado passou então a ameaçá-la.

Gildemar Santos foi autuado em flagrante por homicídio duplamente qualificado - por motivo fútil e sem ter dado chance de defesa à vítima. Ele vai ficar detido na Delegacia Territorial de Casa Nova aguardando julgamento. O corpo de Maria Madalena Santos foi sepultado no cemitério local.

Fonte: UOL