Professora é vítima de abuso sexual que ocorreu dentro de um hospital

Não satisfeito, o homem pediu o número de telefone da paciente e disse que queria marcar um encontro para praticar sexo com ela.


Professora é vítima de abuso sexual dentro de um hospital público

Uma professora de 32 anos foi vítima de abuso sexual na noite desta quarta-feira (12) dentro do Hospital Regional do Gama. O suspeito se apresentou a paciente como técnico em radiologia da unidade hospitalar e disse que iria realizar o exame de raio-X. De acordo com a ocorrência, no momento do procedimento, o homem de 44 anos teria aproveitado para abraçar e tentar beijar a vítima, além de chamá-la de "gostosinha".

Não satisfeito, o homem pediu o número de telefone da paciente e disse que queria marcar um encontro para praticar sexo com ela. Desesperada, a mulher denunciou o caso à polícia que prendeu o suspeito dentro do hospital.

Na delegacia, ele negou o crime, mas disse não ter autorização formal do hospital para trabalhar na unidade. Ele também confessou que não possui registro no Conselho Regional de Radiologia. O homem afirmou, ainda, que havia seis meses acompanhava pacientes durante a realização de exames radiológicos. Ele assinou Termo de Compromisso de Comparecimento à Justiça.

A SES/DF (Secretaria de Saúde) informou que o caso será investigado pela corregedoria do órgão e, se for comprovado, serão tomadas as devidas providências.

Fonte: r7