Professora morde bochecha de aluno de 6 anos em escola

A mãe da criança não acreditou quando o filho falou que a responsável pela mordida foi a professora

Uma professora de uma escola particular no Lago Norte, bairro de Brasília (DF), mordeu um aluno de seis anos na bochecha. Ela alega que foi para separar uma briga de alunos. A escola demitiu a professora depois que ela confessou a agressão.

A mãe da criança não acreditou quando o filho falou que a responsável pela mordida foi a professora. ?É surreal. Não pode ser?, disse. Depois o menino descreveu exatamente o que tinha acontecido. Ele contou à mãe que brigou com outro colega e a professora auxiliar tentou separar.

?Aí eu mordi ela no braço e aí ela veio. Me segurou. Me mordeu no rosto. Eu chorei. Eu fiquei no chão chorando porque doeu muito. Contou isso?, disse a mãe.

?A gente decidiu entrar com queixa na polícia. [...] Abrir um inquérito policial para a polícia investigar e fazer o que tiver que ser feito?, afirmou.

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) comprovou a agressão. A delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente pretende ouvir a direção da escola e a professora até o final da semana.

Este é o segundo caso de maus-tratos contra alunos no Distrito Federal em seis meses. Em junho, uma professora do Jardim Botânico, bairro de Brasília, amordaçou um aluno de seis anos com fita adesiva na frente da turma. Ela responde processo em liberdade. A pena por maus tratos é de dois meses a um ano de prisão.

Fonte: g1, www.g1.com.br