Promotores confirmam: jogador Breno pode ter pena de até 15 anos

Promotores confirmam: jogador Breno pode ter pena de até 15 anos

Zagueiro do Bayern é acusado de ter incendiado a própria casa em 2011.

A situação do zagueiro brasileiro Breno, do Bayern de Munique, é grave. Nesta quarta-feira, promotores públicos alemães confirmaram a acusação sobre o jogador de ter incendiado a própria de casa de forma proposital, segundo o jornal alemão "Bild". A lei local prevê uma pena de até 15 anos de prisão se o atleta for considerado culpado. Ainda não há data confirmada para o julgamento.

- A promotoria de Munique terminou a instrução sobre o incêndio de 20 de setembro de 2011 - disse a promotoria alemã. "Schwere Brandstiftung" (incêndio grave) é um crime grave na Alemanha. O promotor responsável afirma que Breno usou alguns isqueiros, gasolina ou álcool para colocar fogo na casa, na noite de 20 de setembro de 2011. Na ocasião, ele estava alcoolizado (cerca de 1,6 de álcool no sangue).

De acordo com a agência de notícias ?Ansa?, caso seja acusado formalmente pelo crime, o jogador ainda terá que pagar uma fiança de ? 1 milhão (cerca de R$ 2,39 milhões) pelos danos à residência e ? 5 mil (cerca de R$ 11,9 mil) a um vizinho que teve sua garagem afetada pelo fogo.

Até agora, o jogador não disse nada sobre o assunto, pois os advogados e o clube proíbem de todas as formas que ele fale. Atualmente, Breno vem se apresentado diariamente à delegacia.

Em setembro, Breno incendiou a própria casa, um pouco depois da meia-noite em Munique. Na época, o defensor chegou a ser preso, mas foi solto mediante o pagamento de fiança. Revelado pelo São Paulo, o jogador chegou ao Bayern em 2008, e, devido a seguidas lesões, nunca conseguiu se firmar no time bávaro. Suas dificuldades de adaptação levantaram suspeitas de problemas psiquiátricos.

Procurado, Guilherme Miranda, empresário de Breno, afirmou não estar ciente da notícia e preferiu não se pronunciar sobre o assunto.

- Não sei de nada. Não posso responder sobre o assunto - disse o empresário.


Promotores confirmam acusação, e Breno pode ter pena de até 15 anos

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com