Promotoria denuncia PMs por morte de motoboy

Promotoria denuncia PMs por morte de motoboy

Vítima foi assassinada no dia 9 de abril na Zona Norte de SP.

O promotor de Justiça Marcos Hideki Ihara ofereceu, nesta quarta-feira (2), denúncia contra 12 policiais militares suspeitos de envolvimento na morte do motoboy Eduardo Luis Pinheiro dos Santos, de 30 anos. A vítima foi assassinada no último dia 9 de abril na Zona Norte de São Paulo.

Segundo o Ministério Público, os PMs conduziram o motoboy à força e sem motivo ao 9º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, onde ele foi espancado até a morte. De acordo com a denúncia, os policiais planejavam abandonar o corpo em uma rua deserta. Em seguida, eles tinham em mente fazer um boletim de ocorrência relatando que Eduardo foi encontrado na rua, de acordo com o MP.

Nove policiais são acusados de homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, utilização de meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa) e fraude processual. Outros três são acusados apenas pelo homicídio.

Os policiais ficaram presos por 30 dias no presídio militar Romão Gomes. Eles foram soltos no dia 28 de maio após o fim da prisão temporária.

Um novo laudo dos peritos do Instituto Médico-Legal (IML) concluiu que a causa da morte do motoboy foi politraumatismo.

Fonte: g1, www.g1.com.br