Psicóloga desaparecida é encontrada viva e em estado de choque

Psicóloga desaparecida é encontrada viva e em estado de choque

Karen Tannhauser estava desaparecida há três dias

A delegada Bárbara Lomba, titular da 15ª DP (Gávea), deixou o prédio no Jardim Botânico por volta das 16h50, com a psicóloga, em direção ao Hospital Miguel Couto, no Leblon. Karen será submetida a uma bateria de exames.

Mais cedo, policiais civis voltaram ao prédio no Jardim Botânico para nova perícia. A possibilidade de a psicóloga ter sido levada de sua residência por algum paciente tinha sido descartada. O caso foi registrado em 1º de janeiro na 15ª DP (Gávea), que fez varredura no prédio e em hospitais da região.

O mistério começou no dia 31, quando Karen esteve com a mãe, no Shopping da Gávea. Segundo a família, o namorado da psicóloga buscou as duas e, depois de deixar Sônia na casa da mãe dela, no Leblon, seguiu com Karen para almoçar.

Segundo o pai, o dentista Roberto Tannhauser, Karen teria sido deixada em casa por volta das 14h, quando foi filmada pelas câmeras de segurança. ?Cheguei em casa por volta das 15h40 para ver a corrida de São Silvestre e não tinha ninguém.

Por volta das 19h30, o namorado dela chegou. Começamos a ficar preocupados. Quando fui ao quarto dela, vi que o celular estava sobre a cama?, relembrou o pai.

Amigos e familiares chegaram a espalhar cartazes com o rosto de Karen pelas ruas do Jardim Botânico.

Fonte: Terra, www.terra.com.br