Psiquiatra é assassinado a facadas e polícia acredita em latrocínio

Crime chocou e causou revolta entre amigos e familiares da vítima.

Um psiquiatra identificado como Adilson Bechara, de 65 anos, foi assassinado a golpes de faca, em Cabo Frio, na Região dos Lagos. Ele foi vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte) e chegou a ser levado para o Hospital Central de Emergência (HCE), mas acabou morrendo.

De acordo com informações da Polícia Civil, que investiga o crime, o psiquiatra foi surpreendido por criminosos, conseguiu caminhar para pedir ajuda e acabou não resistindo. Segundo a Polícia Civil, foi instaurado "um inquérito para apurar as circunstâncias da morte do médico".

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram o corrido. “Que Deus conforte o coração dos familiares. Dr. Adilson Bechara sempre foi um excelente Psiquiatra e um grande amigo. Que ele possa descansar em paz”, escreveu um amigo.

 “Descanse em paz, bom homem e psiquiatra gentil”, escreveu outro. 

Adilson Bechara, de 65 anos
Adilson Bechara, de 65 anos








Fonte: Com informações do G1