Quadrilha assalta banco instalado no Dentran-CE e troca tiros com a polícia

Os criminosos agiram com ousadia. Mais de 100 pessoas estavam no prédio quando ocorreu o assalto com troca de tiros

Uma quadrilha armada, composta por, pelo menos, sete homens, assaltou, ontem, o posto do Banco do Brasil instalado o posto do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), na Avenida Santos Dumont, no Papicu (Zona Leste). O grupo atacou um vigilante no momento em que este conduzia para o carro-forte da empresa Corpvs um malote com todo o dinheiro arrecadado pelo BB no expediente da tarde.

Houve troca de tiros entre os bandidos e os vigilantes no momento em que a quadrilha iniciava a fuga. Embora ninguém tenha ficado ferido, houve muito pânico e corre-corre na hora dos disparos. Vários veículos e até um carrinho de lanches foram atingidos pelas balas disparadas por bandidos e seguranças. O valor roubado não foi revelado pelo BB.

Dinheiro

O assalto aconteceu por volta de 17h50, quando havia cerca de 100 pessoas ainda no prédio do Detran. Dos sete assaltantes, quatro deles - usando pistolas - estavam misturados aos populares que aguardavam atendimento. Um único vigilante desceu do carro-forte e foi apanhar o malote no posto do BB.

Quando o segurança retornava para o carro-forte, os ladrões anunciaram o assalto depois de sacarem as armas. Um deles disparou um tiro para o alto e as pessoas foram obrigadas a deitar no chão ou buscar abrigo debaixo de cadeiras, balcões e outros móveis na sala de atendimento do Detran.

Ao ouvirem o estampido, os demais vigilantes - que estavam no carro-forte - sacaram suas armas e passaram a atirar em direção aos ladrões que saíam do prédio. No entanto, outra parte da quadrilha, que estava em pontos estratégicos fora do Detran, reagiu.

Em meio ao fogo cruzado, muitas pessoas que estavam na rua também procuraram abrigo debaixo dos veículos ou fugiram dali. O tiroteio durou vários minutos.

Os ladrões fugiram em um Pálio prata, uma caminhonete Blazer além de três motos, segundo testemunhas.

Quando a Polícia chegou ao local encontrou muitas pessoas ainda nervosa. Os assaltantes abandonaram, logo depois, um dos carros usados na fuga. Era o Pálio prata que usava placa ´clonada´ KJI-9531, de Pernambuco. No entanto, a placa verdadeira é KGB-7946. O carro - que havia sido roubado em Recife - foi deixado pelos marginais no cruzamento das ruas Marechal Rondon e Eduardo Garcia. Até a noite passada, ninguém foi preso.

Fonte: Diário do Nordeste