Quadrilha presa faturava R$ 100 mil por noite com venda de drogas

Ao todo, 10 pessoas foram flagradas

Policiais da Delegacia de Combate às Drogas do Rio de Janeiro prenderam, na madrugada deste domingo (22), no Centro do Rio, um grupo especializado em vender drogas sintéticas.

Segundo o delegado Felipe Curi, a quadrilha formada por 10 pessoas agia em boates da cidade e era liderada por um ex-policial militar expulso da corporação com antecedentes criminais de roubo e extorsão, identificado como Leonardo Scorza, de 40 anos.

Além das 10 prisões, foram apreendidos cerca de 900 comprimidos de ectasy e anabolizantes, um veículo e vários aparelhos de celular usados pelos criminosos. A polícia informa ainda que os traficantes comercializavam um anestésico utilizado em cavalos, que ao ser inalado tem um alto efeito alucinógeno com pequenas quantidades.

De acordo com a polícia, a quadrilha faturava 100 mil reais por noite, atuando em boates e casas de show da cidade. 

Droga apreendida (Crédito: Reprodução)
Droga apreendida (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1