Quadrilha que roubava gado é desarticulada no MA

A polícia conseguiu recuperar 40 cabeças de gado roubado e que já foram devolvidas aos donos.

Ladrões de gado foram presos durante uma operação realizada por agentes da delegacia da cidade de Arari, com o apoio de investigadores da Superintendência da Polícia Civil no Interior e do Grupo Tático Aéreo. Durante a ação, 40 cabeças de gado foram apreendidas.

O grupo é acusado de furtos de gado em fazendas nos municípios de Arari, Miranda do Norte, Matões, Vitória do Mearim, Anajatuba e no povoado Entroncamento - município de Itapecuru-Mirim (110 km da capital).

Prisões

As prisões se iniciaram no povoado Entroncamento, onde a polícia localizou Lourival Carvalho Gomes, o ?Louro?, e Wagner Borges Martins, o ?Negão?. Eles são responsáveis por receberem o gado já abatido.

Ao serem presos eles confessaram que os responsáveis pelo crime era João Batista Martins Cabral, conhecido como ?João da Viuva? e o irmão Hilton do Espírito Santo Mendes Cabral, que em seguida foram presos por policiais de Arari, da Superintendência da Polícia Civil no Interior e do GTA, na cidade de Arari.

A polícia conseguiu recuperar 40 cabeças de gado roubado e que já foram devolvidas aos donos. O delegado Elcio Vilela , de Vitória do Mearimi, disse que há registros de roubos de mais de 200 bois em fazendas daquele município e da região. João da Viuva e o irmão Hilton foram autuados em flagrante pela prática de abigeato. Louro?e Negão por receptação, e todos responderão ainda pelo crime de formação de quadrilha. Com exceção de Hilton que permanece preso em Ararai, os demais indiciados foram levados para a Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim.

Fonte: O Imparcial, www.oimparcial.com.br