Radialista é assassinado a tiros dentro de emissora onde trabalhava

O corpo foi encontrado na porta da emsisora de rádio.

Na sexta-feira, dia 11, um radialista identificado como João Valdecir de Borba, foi assassinado a tiros dentro de emissora onde trabalhava, localizada na cidade de São Jorge do Oeste,  no Paraná. Segundo a Polícia Civil, Valdão, como era conhecido, foi morto por dois homens ainda não capturados.

De acordo com informações da coordenadora de equipe da Difusora AM, Eliziane Conter, não foram encontradas marcas de arrombamento no local. “Como a porta de entrada da rádio fica trancada durante a noite, acreditamos que ele abriu para atender quem o chamou. Não há marca de arrombamento na porta. Assim que ele abriu foi atingido na altura do abdômen”, afirmou.

Eliziane Conter diz que o radialista  Valdão, que trabalhava na empresa há dez anos, não tinha desavenças com ninguém. “Nós não conseguimos entender esse crime brutal, ele era uma pessoa do bem, tinha boa convivência social, sempre muito atencioso com os colegas. Estamos todos muito tristes”, disse.

A polícia realizou diligências pela região, mas não conseguiu capturar os suspeitos. O caso chocou os moradores do município do Sudoeste do pará. 

João Valdecir de Borba
João Valdecir de Borba






Fonte: Com informações do Portalimprensa