Rapaz é baleado por policial durante prisão de acusado em Timon; mãe denuncia

Rapaz é baleado por policial durante prisão de acusado em Timon; mãe denuncia

O projétil ficou alojado na parede e as marcas de sangue ficaram no quarto, onde o rapaz caiu.

Uma família, que mora no bairro Centro Operário em Timon denuncia a forma como foi feita a prisão de José Santana Braga, acusado de cometer um homicídio em 2013. O fato aconteceu na manhã da última sexta-feira, 2.

O policial que efetuou a prisão teria atirado em outro rapaz que estava na residência do acusado. Uma das balas atingiu um dos móveis da casa. O projétil ficou alojado na parede e as marcas de sangue ficaram no quarto, onde o rapaz caiu.

A denúncia foi feita pela mãe e irmã do jovem preso. ?Ele chegou dizendo: pare aí, vagabundo! E foi logo atirando. Ele estava fazendo um cigarro e quando a bala atingiu, ele caiu?, desabafa a mãe dizendo que ?ele não podiam ter feito o que fizeram?.

O rapaz que levou o tiro é conhecido por Luís. Ele foi levado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e passa bem, depois de submetido a cirurgia e está fora de risco de morte.

O que mais preocupa a família de José Santana é que nenhum parente tem acesso a ele no presídio Jorge Vieira para onde foi levado. A família acredita também que o acusado pode não ter passado pelo exame de Corpo de Delito

O delegado Ricardo Freire, de posse do mandado de prisão de José Santana, garante que os procedimentos adotados eram necessários para a prisão do acusado.

Fonte: Denison Duarte