"Rei do crime", que tem 18 anos, é acusado de matar uma criança de 11 anos e outras 5 pessoas

"Rei do crime", que tem 18 anos, é acusado de matar uma criança de 11 anos e outras 5 pessoas

Ele tem várias passagens por roubo, homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de armas

O "rei do crime do DF", que tem apenas 18 anos, é acusado de matar uma criança de 11 anos em Formosa (GO), região do Entorno do DF.

Ele foi preso na cidade goiana e trazido para o Distrito Federal. O homem é acusado de vários roubos, tráfico de drogas, porte ilegal de armas e homicídios.

Wenderson da Mata Silva, de 18 anos, estava foragido há quase um mês, mas foi preso em Formosa (GO), região do Entorno do DF, durante uma abordagem policial. Ele estava com uma pistola calibre 380 que teria sido roubada de um policial militar.

Ele tinha um mandado de prisão em aberto por homicídio e tentativa de homicídio na Candangolândia, região administrativa do DF, em janeiro deste ano, e foi levado direto para a 11ª DP (Núcleo Bandeirante), onde a ocorrência está registrada.

O delegado responsável pelo caso, João Carlos Lóssio, disse que o acusado é extremamente perigoso.

? Acredito que com a prisão dele o Núcleo Bandeirante e a Candangolândia vão ficar mais tranquilos. Ele tem várias passagens por roubos, furtos, homicídios, porte ilegal de armas e tráfico de drogas. É um indivíduo extremamente perigoso.

Esta foi a terceira prisão de Wenderson desde fevereiro deste ano, mas o acusado garante que compra arma e mata as pessoas apenas para se defender.

? Tenho muitas rixas. Faço isso só para me defender.

Agora, Silva está à disposição da Justiça. Além de porte ilegal de arma, homicídio e tentativa de homicídio, o rapaz também é suspeito de outros cinco homicídios em Goiás, sendo um deles envolvendo uma criança de apenas 11 anos.

Se for condenado, ele poderá pegar até 30 anos de prisão. Com uma ficha criminal extensa, ele ganhou o apelido de "rei do crime", mas garante não ter cometido tantos crimes assim.

? Isso é uma patifaria.

Wenderson também não é o único da família a se envolver no mundo do crime. A irmã do rapaz, Suiara da Mata Santos, também foi presa pelos mesmos crimes que o irmão, entre eles porte ilegal de armas e homicídio.

A mulher teria apontado uma arma para policiais e chegou à delegacia do Núcleo Bandeirante carregando o filho de apenas três meses no colo.

Suiara é acusado de um duplo homicídio. O crime aconteceu há dois anos em Formosa, quando ela atirou contra duas irmãs. Uma delas morreu e a outra perdeu o movimento das pernas e está em uma cadeira de rodas.

O marido de Suiara também está preso. Ele foi detido em Valparaíso de Goiás, região do Entorno do DF, no início de abril por porte ilegal de armas. O homem também tinha um mandado de prisão em aberto por homicídio.

Fonte: r7