Rio: Mãe convenceu traficante Mister M a se entregar

Segundo ela, um dos irmãos dele é pastor e ajudou a convencê-lo. Ele aceitou sem argumentar

Nilza Maria, 57 anos, mãe do traficante Diego Raimundo da Silva, 25, conhecido como Mister M, que se entregou à Polícia Civil do Rio, na tarde deste sábado, disse que não houve resistência por parte do seu filho para se entregar.

Segundo ela, um dos irmãos dele é pastor e ajudou a convencê-lo. Ele aceitou sem argumentar. "Falei, Diego, vamos com a mamãe para casa, e ele disse, não, mãe, se eu ficar em casa eles vão me prender. Ai eu disse, então você vai comigo e o seu irmão e eu vou te levar na delegacia."

Considerado braço direito do chefe do tráfico de drogas do Complexo do Alemão, Diego também é conhecido como 50, porque tem uma tatuagem com o número nas costas e também porque, segundo sua mãe, ele é fã do rapper Fifty Cent.

Diego foi levado para a 6ª DP, no centro do Rio. Ele estava bem vestido, com camiseta e calça de marca.

Nilza Maria disse que nunca aceitou o envolvimento de seu filho com o tráfico. "Eu nunca aceitei meu filho nisso. Aí aproveitei essa oportunidade, cheguei até ele, conversei e ele aceitou", afirmou. Ela tem um trailer e trabalha vendendo PF (prato feito) na Vila da Penha.

Na delegacia, Diego estava acompanhado de três irmãos: um estudante, outro jogador de futebol do time júnior do Vasco e outro que é motorista.

Fonte: UOL especial