Mulher Filé sofre sequestro e é agredida em carro junto com dançarina no Rio: ""Levaram até minha fantasia""

Mulher Filé sofre sequestro e é agredida em carro junto com dançarina no Rio: ""Levaram até minha fantasia""

Ela ficou sob o poder dos criminosos por cerca de 20 minutos e chegou a ser agredida.

A funkeira Yani de Simone, a Mulher Filé, foi vítima de um sequestro relâmpago, na madrugada desta terça-feira, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ela e uma de suas dançarinas saíam de uma festa na Avenida Presidente Kennedy, no bairro Pilar, onde fez um show, quando tiveram o carro fechado por um outro veículos com cinco homens. Quatro deles desceram e entraram no carro da funkeira. Ela ficou sob o poder dos criminosos por cerca de 20 minutos e chegou a ser agredida.

Segundo a Mulher Filé, de 21 anos, ela fez um show na festa de aniversário de sua dançarina, identificada apenas como Renata. No momento do sequestro, ambas estavam indo para um show do grupo Exaltasamba, no Leblon, onde fariam uma participação especial. Sem ter andado nem 200 metros com o carro, as duas foram fechadas pelas criminosos.

- Eles mandaram a gente sair do carro e ir par ao banco de trás. Ficamos com a cabeça abaixada e eles com uma arma na cabeça de cada uma. Nós começamos a chorar e eles deram tapas nas nossas cabeças. Falaram que iam nos matar se continuássemos chorando - relatou a funkeira.

A vítima contou que um dos sequestradores estava muito alterado e pensou em estuprá-las, mas foi contido pelos outros criminosos que queriam apenas "completar a missão". Os sequestradores levaram o carro da Mulher Filé, documentos, dinheiro, cartões, figurino do show e a fantasia de rainha de bateria que ela usaria no carnaval no desfile da escola de samba Tradição.

Após cerca de 20 minutos em poder dos sequestradores, as duas mulheres foram liberadas na Rodovia Washigton Luiz, próximo da Refinaria de Duque de Caxias (Reduc). Elas foram socorridas por policiais federais que passavam pela via.

- Eu fiquei desesperada pedindo para os carros pararem porque eu estava com medo dos criminosos voltarem. Um carro com duas mulheres parou para nos ajudar, mas logo atrás veio um carro da Polícia Federal. Eles conversaram com a gente, nos tranquilizaram e pedi para que me levassem até a minha mãe e meu empresário - recordou a Mulher Filé.

O sequestro foi registrado na delegacia de Campos Elísios, em Duque de Caxias.

Fonte: O Globo, www.oglobo.com.br