Ex-Árbitro da Fifa é preso durante operação da Polícia Civil no RJ

A ação pretende cumprir 24 mandados de prisão, sendo 13 expedidos contra Policiais Militares, acusados de receber propina

O comandante do 7º Batalhão de Polícia Militar, o ex-árbitro da Fifa Djalma Beltrami, foi preso na manhã desta segunda-feira durante uma operação da Polícia Civil no morro da Coruja, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro. A ação pretende cumprir 24 mandados de prisão, sendo 13 expedidos contra Policiais Militares, acusados de receber propina.

Djalma Beltrami começou a apitar em 1989 e integrou os quadros da FIFA entre 2006 e 2008.

Os policiais chegaram ao morro por volta das 6h. Houve tiroteio na chegada dos agentes, uma pessoa morreu e o tráfego de veículos ficou complicado na praça da Covanca, em frente à comunidade.

De acordo com as investigações, os policiais do 7º BPM receberiam propina de traficantes da região para acobertar ações criminosas e liberar o tráfico. A Polícia Civil estima que as propinas pagas aos agentes chegam ao valor de R$ 160 mil mensais.

Cerca de 100 policiais civis participam da ação que conta com o auxílio de um helicóptero e blindados. A operação conta com o apoio da Corregedoria Geral Unificada (CGU), que é responsável pela prisão dos policiais.

Entre os traficantes procurados estão Maicon dos Santos de Souza, o Gaguinho, e Marcelo Fernando Veiga, o Marcelo Piloto, chefes do tráfico no morro da Coruja e na Mandela, no Complexo de Manguinhos.

Fonte: Terra, www.terra.com.br