Samuel Silveira deixa Delegacia de Entorpecentes e Willame Moraes assume

Samuel citou várias ações no período em que ficou à frente da Delegacia de Entorpecentes

O ex-delegado Samuel Silveira, concedeu entrevista ao meionorte.com hoje e falou sobre sua saída do comando da Delegacia de Entorpecentes. Segundo ele, a sua opção por entrar na carreira política foi pela necessidade de se trabalhar a prevenção e a recuperação de pessoas envolvidas com as drogas.

" Além disso tem a vontade de fazer esse trabalho e trazer maior dinâmica. Faltava alguma coisa ou alguém nesse segmento para buscar ações que tenham o foco relacionado com a prevenção", disse ele.

Samuel citou várias ações no período em que ficou à frente da Delegacia de Entorpecentes, que durou exatamente 1 ano e 11 meses. Dentre as citadas, ele destacou:

- 600 inquéritos

- R$ 10 milhões em bens apreendidos de traficantes

- A maior apreensão de pasta de droga no Piauí

- Desbaratamento do maior laboratório de drogas em Teresina(zona leste)

- Apreensões e prisões na zona norte da Capital

- Operações no centro-sul e centro-norte do Piauí

- Reforma da estrutura do prédio da Delegacia

- Verba de R$ 750 mil para ampliar capacidade de inteligência da Secretaria de Segurança

WILLIAME MORAES ASSUME A DELEGACIA DE ENTORPECENTES

O delegado Williame Moraes assumiu a Delegacia de Entorpecentes susbtituindo Samuel Silveira. O novo delegado disse ao meionorte.com hoje, que vai dar continuidade ao trabalho que já estava sendo feito na delegacia.

" Vou saber, conhecer as investigações em curso e após isso, vou implantar o planejamento de atuação. Será um grande desafio e uma responsabilidade maior. A Delegacia de Entorpecentes é a de maior visibilidade no momento", finalizou.





Fonte: Marcos Moraes