Santa Catarina registra segunda morte de taxista durante o Carnaval

Segundo a Polícia Civil, Miguel foi morto por punhaladas nos pulsos e costas

Santa Catarina registrou a segunda morte de um taxista durante assaltos no período de Carnaval. Na madrugada desta segunda-feira, um profissional foi morto com 25 facadas na cidade de Araquari, localizada na região norte do Estado.

Miguel Ramos Martins, 51 anos, trabalhava em um ponto em frente a um hotel na cidade de Joinville. Ele teria aceitado uma corrida para a cidade vizinha de Araquari ao passar próximo a uma festa.

Segundo a Polícia Civil, Miguel foi morto por punhaladas nos pulsos e costas. Documentos e um telefone celular foram levados pelos assaltantes, mas uma quantia em dinheiro - não revelada - acabou sendo deixada no táxi.

A Polícia Civil ainda não tem pistas dos suspeitos. Foi o segundo caso de assassinato de taxistas durante o Carnaval no Estado. Na madrugada do sábado, um motorista foi morto também à facadas após aceitar transportar um casal de passageiros. Robson Tiago Andrade, 30 anos, chegou a pedir socorro pela central de rádio, mas acabou morrendo próximo às pontes de acesso ao centro da cidade. O assassinato gerou forte reação da categoria, que chegou a realizar uma carreata na manhã do crime.

Fonte: Terra, www.terra.com.br