São Paulo tem nova madrugada de terror com sete assassinatos

Outras quatro pessoas ficaram feridas por balas.

Pelo menos 11 pessoas foram baleadas na capital paulista entre a noite desta segunda-feira (05) e a madrugada desta terça-feira (06). Dessas, sete morreram e quatro ficaram feridas. Ataques foram no centro e na zona norte.


São Paulo tem nova madrugada de terror com sete assassinatos

Por volta das 21h20, três pessoas foram atingidas na rua Antônio de Almeida Viana, na Brasilândia. Viaturas do Corpo de Bombeiros e policiais da 3ª Companhia do 18º Batalhão da Policia Militar foram enviados ao local. O helicóptero Águia do Grupamento Aéreo da Polícia Militar também foi acionado.

Duas vítimas morreram ao chegar no hospital e a terceira pessoa morreu durante o atendimento.

Por volta das 1h30, na rua Alberto Buriti, também na Brasilândia, outras quatro pessoas foram baleadas. Todos foram levados ao hospital. Três vítimas não sobreviveram e a quarta pessoa está internada em estado grave.

Dois homens foram baleados, por volta das 21h30, na rua Porto Seguro, no bairro do Bom Retiro, região central da capital paulista. Os dois passavam pela rua quando uma moto, com duas pessoas, se aproximou. Os homens atiraram e fugiram em seguida.

As vítimas foram levadas ao pronto-socorro Santana. A ocorrência foi registrada no 8º Distrito Policial, do Belém. Ainda não há informação sobre o estado de saúde das vítimas.

Cerca de uma hora depois, mais duas pessoas foram baleadas, na rua Joaquim Afonso de Sousa, próximo à rua José de Figueiredo Seixas, no bairro do Cachoeirinha, zona norte da capital. Quatro homens em um carro teriam atirado contra os rapazes.

As vítimas foram levadas ao pronto-socorro Cachoerinha. Uma pessoa morreu. Outra permanece internada e não há informações sobre seu estado de saúde. A ocorrência deve seguir para o 13º Distrito Policial, da Casa Verde.

Três ônibus foram atacados na zona norte de São Paulo e em Santo André, no Grande ABC.

Um coletivo foi incendiado, na noite desta segunda-feira, na zona norte de São Paulo. Bandidos armados esvaziaram e roubaram o coletivo no bairro Jardim Guarani. Os criminosos colocaram fogo no veículo e deixaram que descesse a rua desgovernado até atingir um poste.

O ônibus atropelou pelo menos uma pessoa. O homem de 60 anos teria morrido no local.

Mais um ônibus foi incendiado, na noite desta segunda-feira (5), em Santo André, região do Grande ABC. O ataque aconteceu, por volta das 22h15, na avenida Queiroz Filho, altura do número 3.000, na vila Guaraciaba.

Mais cedo, no início da tarde, outro coletivo foi atacado no bairro Brasilândia, na zona norte. A depredação, segundo a polícia, teria sido feita por moradores da área. A primeira informação falava em dois coletivos, mas a polícia confirmou um ônibus depredado.

Fonte: R7, www.r7.com