Sargento é preso após executar major da PM com cinco tiros em alojamento em Fortaleza

Há alguns dias houve uma discussão entre os dois PMs motivada por questões de escalas

Cajazeiras/Pb. O 1º sargento PM, Valdiran Ferreira da Silva, 38, assassinou, com pelo menos cinco tiros, o subcomandante do 6º Batalhão da PM de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba.

Segundo testemunhas, o sargento Valdiran participava de uma festa denominada de ´Braga e Cachaça´, que acontecia nas dependências do Cajazeiras Tênis Clube. Sem falar nada para os amigos, ele se ausentou do clube por volta das 15h e foi até à sede do Batalhão de Cajazeiras. Ali estava o Major Albuquerque, que dormia no alojamento e foi assassinado com vários tiros.

Segundo informações da Polícia local e do site www.miseria.com.br, há alguns dias houve uma discussão entre os dois PMs, possivelmente motivada por questões de escalas de serviço. Após o crime, o sargento foi preso em flagrante.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br