Sargento reformado da PM é morto por policial civil em tiroteio

O perito havia saído de uma agência bancária, onde tinha sacado R$ 6 mil em dinheiro

23/08/2013 - 10:08

Um sargento reformado da Polícia Militar foi morto por um policial civil em um tiroteio na noite de quinta-feira, no bairro Cidade Garapu, em Cabo de Santo Agostinho (PE), na região metropolitana do Recife. O sargento Genivaldo Leandro da Silva, 52 anos, foi socorrido, mas morreu antes de chegar ao hospital. O autor dos disparos, que é perito papiloscopista da Polícia Civil, disse que reagiu quando o PM e outro homem tentaram assaltá-lo.

O perito havia saído de uma agência bancária, onde tinha sacado R$ 6 mil em dinheiro, "e, quando ia para casa, percebeu que estava sendo seguido por duas pessoas", disse o delegado Walcir Martins, coordenador da força-tarefa do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

O policial civil, que estava de carro, disse que foi seguido por dois homens em uma motocicleta. No meio do caminho, a dupla teria anunciado o assalto, mas a vítima reagiu e iniciou um tiroteio.

"Uma das pessoas morreu e a outra fugiu. Quando foram ver, o que tinha morrido era um sargento da polícia reformado", afirmou o delegado Martins. O perito da polícia disse que só soube que o homem era um policial militar depois do fim do tiroteio, quando a identidade do sargento foi confirmada.

O autor dos disparos que mataram o PM prestou depoimento e foi liberado. A Polícia Civil investiga a veracidade da versão do perito. Se o relato não for confirmado, o delegado pode pedir à Justiça que seja decretada a prisão preventiva do autor do homicídio.

FONTE: Terra

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ver mais+

DEIXE SEU COMENTÁRIO

voltar para o topo