Secretaria de Segurança do Piauí quer unir comunidade e polícia

A ação organizada pelo 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM)

A atenção dispensada no combate à criminalidade no Piauí segue a nortear as ações da Secretaria de Segurança, nisso, o líder da pasta, Fábio Abreu (PTB), participou no último sábado (15) de uma audiência pública com representantes comunitários de Teresina, mais precisamente da região do Grande Dirceu, uma das mais populosas da capital, no intuito de aproximar a comunidade das forças policiais e congregar todos na busca pela redução da violência.

A ação organizada pelo 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM) foi elogiada pelo gestor, reverberando a importância da conscientização da sociedade em torno da relevância de buscar ajuda policial nos momentos necessários.

Abreu apontou que a meta é levar tranquilidade aos moradores, indicativo condizente aos esforços demandados na manutenção da ordem e da paz. "Eu sou do bairro e o meu objetivo é levar tranquilidade a todos os moradores da região.

Sabemos que ainda não atingimos o ideal, mas manteremos nosso foco na segurança. Espero que as comunidades tenham mais reuniões para levar seus anseios ao poder público, buscando aperfeiçoar o trabalho da Polícia comunitária", disse.

MELHORIAS - Além dos militares, o encontro também contou com a participação de representantes da Polícia Civil e da Prefeitura Municipal de Teresina, nisso, o organizador da audiência, major Gilson Leite, ressaltou que a intenção é melhorar o serviço oferecido pelas forças. "Colocamos o batalhão a disposição das comunidades para que os problemas sejam resolvidos. Estamos de portas abertas e conhecendo as comunidades", disse.

Fonte: Francy Teixeira