Sefaz apreende caminhões carga de bebidas no CE

O valor total da mercadoria, segundo a Sefaz, ultrapassa R$ 3 milhões

Fiscais da Secretaria da Fazenda do Estado do Cear? (Sefaz) apreenderam, durante todo o dia de ontem, no posto fiscal de Mata Fresca, em Aracati (distante 140 Km de Fortaleza) 23 caminh?es carregados de bebidas quentes u?sque, conhaque e rum). A carga apreendida estava sendo trazida de Pernambuco com suspeita de sonega??o fiscal. Os valores pagos em ICMS estavam abaixo do que deveria ter sido pago pelos compradores.

O valor total da mercadoria, segundo a Sefaz, ultrapassa R$ 3 milh?es. A carga foi adquirida por quatro distribuidoras sediadas em Fortaleza , que n?o tiveram os nomes revelados. De acordo com o secret?rio da fazenda do Estado, Mauro Filho, a opera??o de fiscaliza??o foi deflagrada devido aos baixos valores recolhidos ? Sefaz em compara??o com o volume de mercadorias que entram no Estado do Cear?.

Dos 23 caminh?es e carretas que tiveram a carga apreendida, 15 foram ?comboiados? pelos fiscais da Sefaz at? o posto Edson Ramalho, na BR-116, no Munic?pio de Itaitinga, na Regi?o Metropolitana de Fortaleza. Quatro ficaram em Aracati e, por volta das 19 horas de ontem, mais quatro foram apreendidos no mesmo local.

O secret?rio explicou que com a aproxima??o do fim do ano, as distribuidoras aumentaram as compras de bebidas quentes com o objetivo de estocar a mercadoria.

No entanto, ressalta o secret?rio, ?caiu a arrecada??o de bebidas quentes?. Mauro filho afirmou que, a partir de agora, os fiscais da Secretaria da Fazenda ir?o acompanhar o transporte da bebida e descobrir quem est? vendendo e quem est? comprando.

O objetivo dessa opera??o, segundo Mauro Filho ? acabar com a sonega??o de impostos de bebidas no Estado do Cear?. ?Se for preciso, n?s comboiaremos a carga at? o comprador?, afirmou.

Com rela??o aos respons?veis pelas cargas nos caminh?es parados, o secret?rio foi taxativo. ?Se eles pagarem logo as cargas ser?o liberadas?. No Posto fiscal Edson Ramalho, em Itaitinga, v?rios caminhoneiros esperavam uma resolu??o para a situa??o em que foram envolvidos.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br