Segunda aluna seduzida confirma pedofilia de professora presa

Segunda aluna seduzida confirma pedofilia de professora presa

De acordo com a polícia, a jovem confirmou que as três foram ao motel juntas duas vezes

Uma segunda estudante de 13 anos que teria sido seduzida pela professora de matemática Cristiane Teixeira Maciel Barreiras, 33 anos, confirmou, em depoimento no 33º DP do Rio de Janeiro na tarde de quinta-feira, que saiu com a educadora e com outra aluna da mesma idade - sua amiga e colega de classe - para encontros sexuais.

De acordo com a polícia, a jovem confirmou que as três foram ao motel juntas duas vezes a convite da amiga, mas afirmou que apenas assistia às relações sexuais entre a outra estudante e a professora. Ainda segundo a jovem, além do motel, as três tiverem cerca de 20 encontros também na casa e no carro da educadora.

No depoimento, acompanhada da tia, a estudante contou que a amiga e a professora tiveram vários encontros e foram ao motel em outras ocasiões. Ela disse ainda que a amiga tentava terminar o relacionamento com a professora, mas acabava o retomando. A aluna afirmou que a educadora dava dinheiro à amiga, mas não divulgou a quantia.

A polícia pretende ouvir, na semana que vem, o diretor da escola e o responsável pelo motel frequentado pela professora. Ela foi presa em flagrante na quarta-feira sob a acusação de ter mantido relações sexuais com as duas alunas. A mulher foi localizada por policiais civis, durante a madrugada de quarta, na casa da mãe, na localidade do Barata, em Realengo, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Fonte: Terra, www.terra.com.br