Segundo turno tem 166 presos, aponta TSE

O estado campeão em prisões é o Rio Grande do Sul

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que 166 pessoas foram presas no segundo turno das elei?es, realizado neste domingo (26). O primeiro balan?o de pris?es foi divulgado ao meio-dia. A maior parte das pris?es, 163, diz respeito a boca-de-urna.

Na cidade de Benedito Leite (MA), que realiza elei?es novamente neste domingo ainda pelo primeiro turno, foram presas seis pessoas. Esse n?mero n?o consta no balan?o do TSE e eleva para 172 o total de pessoas detidas neste domingo.

Segundo o TSE, nenhum candidato foi preso, mas tr?s foram notificados por realizarem boca-de-urna ou eventos de campanha, como carreata e com?cio, neste domingo, o que ? proibido.

O estado campe?o em pris?es ? o Rio Grande do Sul. Somente em Canoas 150 pessoas foram presas por boca-de-urna. Outras duas pessoas foram presas na capital do estado, Porto Alegre, e no Esp?rito Santo, mais sete pessoas, todas pelo menos motivo. Em Minas Gerais, a pr?tica ilegal resultou em tr?s pris?es e no Mato Grosso em mais uma. Outras tr?s pessoas foram presas em Goi?s por ?outro motivo?, n?o especificado pelo tribunal.

Al?m destas pris?es, foram realizadas mais 31 autua?es relativas ? elei??o e que n?o resultaram em deten??o. Dez dessas ocorr?ncias aconteceram em Minas Gerais, quatro no Esp?rito Santo e quatro no Rio Grande do Sul.

No primeiro turno, realizado no dia 5 de outubro, 1.838 pessoas foram presas em todo pa?s, sendo 214 candidatos a prefeito ou vereador. Neste dia, o n?mero total de ocorr?ncias foi de 4.787.

Fonte: g1, www.g1.com.br