Seguradora oferece R$ 3 milhões por pistas de ladrões

Os assaltantes chegaram a arrastar uma funcionária para fora da joalheria

A seguradora da joalheria Graff, roubada em Londres em agosto, está oferecendo uma recompensa de um milhão de libras (cerca de R$ 3 milhões) por informações que auxiliem na captura dos assaltantes que levaram objetos no valor de R$ 122 milhões.

Na terça-feira, a polícia britânica confirmou o crime na joalheria, localizada na movimentada rua New Bond Street, ocorrido em 6 de agosto, no qual os homens armados levaram 43 objetos.

Imagens de circuito interno de TV do assalto mostram os dois ladrões bem-vestidos, usando ternos e gravatas.

Os assaltantes chegaram a arrastar uma funcionária para fora da joalheria. Além de disparar uma das armas ao sair da loja, os ladrões também atiraram numa rua não muito longe do local, ao trocarem o carro da fuga, mas não feriram ninguém.

"Este foi um roubo bem planejado com vários veículos usados para ajudar os ladrões a escapar", afirmou Pam Mace, inspetora da polícia local. "Estes homens são extremamente perigosos e dispararam pelo menos dois tiros em uma movimentada rua de Londres enquanto escapavam."

Fuga

Os dois assaltantes fugiram da loja em um carro BMW azul.

Em Dover Street, perto da New Bond Street, eles abandonaram o BMW e embarcaram em uma Mercedes prateada. Depois disso, eles trocaram de carro mais uma vez.

"Alguém sabe quem são estes homens, sem dúvida eles falaram sobre isto (o assalto) antes ou se gabaram sobre este assalto depois", acrescentou Pam Mace.

Entre os 43 objetos roubados da joalheria estava um par de brincos de diamantes com argolas duplas, um colar com uma flor de diamante amarelo e um anel de diamante, além de um valioso relógio masculino.

O primeiro suspeito é descrito como um homem branco e magro, cerca de 30 anos, entre 1,7m e 1,8m. O outro é descrito como um homem negro, também de cerca de 30 anos, 1,8m, mais forte que o primeiro, com cabelo muito curto.

A joalheria Graff de New Bond Streeet já foi alvo de outro assalto em 2003, no qual dois sérvios armados com um revólver levaram 23 milhões de libras (R$ 70 milhões) em joias.

Em 2007, outra loja da Graff em Londres, em Sloane Street, foi assaltada por dois homens que fingiram ser clientes e levaram 10 milhões de libras em joias (mais de R$ 30 milhões).

Fonte: g1, www.g1.com.br