Segurança de shopping roubado foge e chama polícia

Segurança de shopping roubado foge e chama polícia

Quadrilha manteve reféns em sala de monitoramento

Um segurança conseguiu escapar ao cerco montado pela quadrilha composta de 15 a 20 homens que invadiu o Shopping Campo Limpo, na Zona Sul de São Paulo, na madrugada desta quinta-feira (28). De acordo com o soldado Marco Quirino, o vigia disse ter pulado o muro e acionou a polícia através de um orelhão.

"Ele disse que estava amarrado e por um descuido dos indivíduos que estavam tomando conta dele. Ele conseguiu se soltar, fugiu e pulou o muro?, afirmou o soldado. A equipe estava fazendo ronda nas proximidades do centro comercial por volta das 2h, quando foi acionada. Os criminosos entraram no shopping, por volta das 0h30.

O boletim de ocorrência terminou de ser registrado no fim da manhã desta quinta. Só, então, foram liberados os seguranças e prestadores de serviços que ficaram sob poder dos bandidos. O nome de 31 pessoas constam no boletim. Ninguém quis conversar com a imprensa. Cerca de 40 pessoas, em uma estimativa feita pelo soldado, foram feitas reféns e mantidas confinadas na sala de monitoramento.

Segundo informações da polícia, alguns dos reféns montavam uma árvore de natal quando foram abordado pelos bandidos. Pertences, como celulares, foram roubados. Alguns ainda portavam os tênis sem cadarços, que foram utilizado para amarrar alguns reféns. Ninguém ficou ferido na ação, de acordo com o soldado Quirino.

Na fuga, os bandidos abandonaram maçaricos, cilindros de oxigênio e pés de cabra, utilizados para violar os caixas eletrônicos de uma agência do Banco do Brasil, localizada no terceiro andar do shopping. Além dos instrumentos utilizados pelos criminosos, a polícia apreendeu os computadores utilizados pelo sistema de segurança. Não há informações se as fitas com as imagens foram roubadas.

Ninguém foi preso. Pelo menos dois caixas foram atacados, de acordo com o soldado Quirino. A perícia já foi feita no local, mas nesta manhã os caixas permaneciam isolados. O shopping reabriu normalmente às 10h.

Fuzil

Antes de ser comunicada do assalto aos caixas eletrônicos do shopping, policiais prenderam na região do Campo Limpo um rapaz portando um fuzil. Ele foi transferido na manhã desta quinta-feira para o 91º DP. A polícia ainda investiga se ele tem alguma ligação com a ação ocorrida no shopping.

Fonte: g1, www.g1.com.br